Usando o abnTeX - parte 2 (Criando capa e elementos pré-textuais)

O objetivo dessa postagem é apresentar o preâmbulo básico do documento .tex para produção de monografias, dissertações ou teses, bem como os comandos para criação da capa e dos elementos pré-textuais.

Como já mencionado (aqui), todo documento .tex deve ter uma classe de documento. Como queremos produzir textos segundo a abnt, então a classe de documento será a abntex2. Assim, introduziremos o comando:

\documentclass{abntex2}

Além disso, introduzirei os pacotes de linguagem (veja aqui)

\usepackage[utf8]{inputenc}

Agora introduziremos os comandos relacionados à classe abntex2. Como foi visto, de acordo com a abnt, os elementos da capa são:

Parte externa

  • Capa (obrigatório)
  1. Nome da instituição (opcional)
  2. Nome do autor
  3. Título
  4. Subtítulo (se houver)
  5. Número do volume (em caso de mais de um)
  6. Local da instituição
  7. Ano de depósito

Irei mencionar apenas os comandos para itens obrigatórios. Os comandos são, respectivamente:

\autor{Nome do autor}% introduz nome do autor
\titulo{Título da obra: subtítulo(se houver)}
\data{ano do depósito}
\local{local da instituição}

Exemplo de preâmbulo

%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%
%Classe de documento 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\documentclass{abntex2} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Pacotes de língua
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%
\usepackage[utf8]{inputenc} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%
%Comandos especiais relacionados à classe 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%
\autor{Alessandro Bandeira Duarte}% introduz nome do autor
\titulo{Lógica e Aritmética na Filosofia da Matemática de Frege}
\data{2014}
\local{Seropédica, Rio de Janeiro}

Para imprimir a capa, introduza o comando

\imprimircapa

no corpo do texto (veja aqui)

%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%
%Classe de documento
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\documentclass{abntex2} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Pacotes de língua 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\usepackage[utf8]{inputenc} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Comandos especiais relacionados à classe 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\autor{Alessandro Bandeira Duarte} 
\titulo{Lógica e Aritmética na Filosofia da Matemática de Frege} 
\data{2014} 
\local{Seropédica, Rio de Janeiro} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Início do corpo do texto 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{document} 
\imprimircapa 
\end{document}

Compilando

abntex21

Voltemos-nos agora para a produção da folha de rosto. Como já mencionado, os itens obrigatórios são:

  • Folha de Rosto (obrigatório) – Anverso
  1. Nome do autor
  2. Título
  3. Subtítulo (se houver)
  4. Número do volume (em caso de mais de um)
  5. Natureza: tipo de trabalho e objetivo (grau obtido, instituição a que foi submetido, área de concentração)
  6. Nome do orientador (se houver, do coorientador)
  7. Local da instituição
  8. Ano de depósito

Devemos introduzir no preâmbulo novos comandos:

\tipotrabalho{natureza do trabalho} 
\orientador{nome do orientador} 
\preambulo{texto sobre o objetivo, grau obtido, instituição e área de concentração}

Assim teremos

%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Classe de documento 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\documentclass{abntex2} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Pacotes de língua 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\usepackage[utf8]{inputenc} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Comandos especiais relacionados à classe 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\autor{Alessandro Bandeira Duarte}% introduz nome do autor 
\titulo{Lógica e Aritmética na Filosofia da Matemática de Frege} 
\data{2014} 
\local{Seropédica, Rio de Janeiro} 
\preambulo{Monografia apresentada ao curso de Filosofia, como requisito parcial para a obtenção do Título de Licenciado em Filosofia, Instituto de Ciências Humanas e Sociais da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro} 
\orientador{Gottlob Frege}
\tipotrabalho{monografia} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Início do corpo do texto 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{document} 
\imprimircapa 
\end{document}

Para imprimir a folha de rosto (anverso), introduza o comando

\imprimirfolhaderosto

no corpo do texto (abaixo do comando \imprimircapa)

%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%
%Classe de documento 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\documentclass{abntex2} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Pacotes de língua 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\usepackage[utf8]{inputenc} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Comandos especiais relacionados à classe 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\autor{Alessandro Bandeira Duarte}% introduz nome do autor 
\titulo{Lógica e Aritmética na Filosofia da Matemática de Frege} 
\data{2014} \local{Seropédica, Rio de Janeiro} 
\preambulo{Monografia apresentada ao curso de Filosofia, como requisito parcial para a obtenção do Título de Licenciado em Filosofia, Instituto de Ciências Humanas e Sociais da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro} 
\orientador{Gottlob Frege} 
\tipotrabalho{monografia}
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Início do corpo do texto 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{document} 
\imprimircapa 
\imprimirfolhaderosto 
\end{document}

Compilando

abntex22

Irei pular nesse momento a ficha catalográfica.

Nosso próximo item é a folha de aprovação, que é obtida introduzindo-se o ambiente folhadeaprovação por meio dos comandos:

\begin{folhadeaprovacao}
\end{folhadeaprovacao}

Lembre-se dos itens obrigatórios na folha de aprovação

  • Folha de aprovação (obrigatório)
  1. Nome do autor
  2. Título
  3. Subtítulo (se houver)
  4. Natureza: tipo de trabalho e objetivo (grau obtido, instituição a que foi submetido, área de concentração)
  5. Data de aprovação e assinatura dos membros da banca examinadora

Assim, dentro do ambiente folhadeaprovacao, temos de introduzir os itens acima listados. Farei isso centralizando. Portanto, como já observado (aqui), usaremos o ambiente center

\begin{folhadeaprovacao}
\begin{center}

\end{center}
\end{folhadeaprovacao}

E dentro do ambiente center, introduziremos autor, título (subtítulo, se houver).

\begin{folhadeaprovacao} 
\begin{center} 
\imprimeautor 
\imprimetitulo 
\end{center} 
\end{folhadeaprovacao}

O código parcial

%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Classe de documento 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\documentclass{abntex2} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Pacotes de língua 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\usepackage[utf8]{inputenc} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Comandos especiais relacionados à classe 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\autor{Alessandro Bandeira Duarte} 
\titulo{Lógica e Aritmética na Filosofia da Matemática de Frege} 
\data{2014} \local{Seropédica, Rio de Janeiro} 
\preambulo{Monografia apresentada ao curso de Filosofia, como requisito parcial para a obtenção do Título de Licenciado em Filosofia, Instituto de Ciências Humanas e Sociais da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro} 
\orientador{Gottlob Frege} 
\tipotrabalho{monografia} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Início do corpo do texto 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{document} 
\imprimircapa 
\imprimirfolhaderosto 
\begin{folhadeaprovacao} 
\begin{center} 
\imprimirautor
\imprimirtitulo 
\end{center} 
\end{folhadeaprovacao} 
\end{document}

Compilando

abnt4

Note que nome e título aparecem com letras pequenas. É possível melhorar. O abntex2 tem o seguinte comando:

\ABNTEXchapterfont

Também podemos aumentar a fonte. Para isso, introduza o comando

\large

Assim, temos o código

%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Classe de documento 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\documentclass{abntex2} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Pacotes de língua 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\usepackage[utf8]{inputenc} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Comandos especiais relacionados à classe 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\autor{Alessandro Bandeira Duarte} 
\titulo{Lógica e Aritmética na Filosofia da Matemática de Frege} 
\data{2014} 
\local{Seropédica, Rio de Janeiro} 
\preambulo{Monografia apresentada ao curso de Filosofia, como requisito parcial para a obtenção do Título de Licenciado em Filosofia, Instituto de Ciências Humanas e Sociais da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro} 
\orientador{Gottlob Frege} 
\tipotrabalho{monografia} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Início do corpo do texto 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{document} 
\imprimircapa 
\imprimirfolhaderosto 
\begin{folhadeaprovacao} 
\begin{center} 
{\ABNTEXchapterfont\large\imprimirautor}
\imprimirtitulo 
\end{center} 
\end{folhadeaprovacao} 
\end{document}

PS - o uso das chaves em

{\ABNTEXchapterfont\large\imprimirautor}

serve para delimitar o escopo da aplicação dos comandos supracitados. Compilando, temos

abnt5

Note que a fonte aumentou (autor), contudo ainda está "pequena". A classe abntex2 aceita opções, entre as quais o tamanho da fonte. Irei colocar tamanho 12pt. Assim, introduziremos o comando

\documentclass[12pt]{abntex2}

Veja o código

%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Classe de documento 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\documentclass[12pt]{abntex2} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Pacotes de língua 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\usepackage[utf8]{inputenc} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Comandos especiais relacionados à classe 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\autor{Alessandro Bandeira Duarte}
\titulo{Lógica e Aritmética na Filosofia da Matemática de Frege}
\data{2014} 
\local{Seropédica, Rio de Janeiro} 
\preambulo{Monografia apresentada ao curso de Filosofia, como requisito parcial para a obtenção do Título de Licenciado em Filosofia, Instituto de Ciências Humanas e Sociais da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro} 
\orientador{Gottlob Frege} 
\tipotrabalho{monografia} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Início do corpo do texto 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{document} 
\imprimircapa 
\imprimirfolhaderosto 
\begin{folhadeaprovacao} 
\begin{center} 
{\ABNTEXchapterfont\Large\imprimirautor} 
\imprimirtitulo 
\end{center} 
\end{folhadeaprovacao} 
\end{document}

Compilando:

abnt6

Parece razoável agora. Se quisermos, podemos colocar o nome em caixa alta, usando-se o comando \textsc{ }

{\ABNTEXchapterfont\Large\textsc{\imprimirautor}}

Código

%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Classe de documento 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\documentclass[12pt]{abntex2} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Pacotes de língua 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\usepackage[utf8]{inputenc} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Comandos especiais relacionados à classe 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\autor{Alessandro Bandeira Duarte} 
\titulo{Lógica e Aritmética na Filosofia da Matemática de Frege} 
\data{2014} 
\local{Seropédica, Rio de Janeiro} 
\preambulo{Monografia apresentada ao curso de Filosofia, como requisito parcial para a obtenção do Título de Licenciado em Filosofia, Instituto de Ciências Humanas e Sociais da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro} 
\orientador{Gottlob Frege} 
\tipotrabalho{monografia} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Início do corpo do texto 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{document} 
\imprimircapa 
\imprimirfolhaderosto 
\begin{folhadeaprovacao} 
\begin{center} 
{\ABNTEXchapterfont\Large\textsc{\imprimirautor}} 
\imprimirtitulo 
\end{center} 
\end{folhadeaprovacao} 
\end{document}

Compilando

abnt7

Mesmo procedimento para o título.

Código:

%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Classe de documento 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\documentclass[12pt]{abntex2} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Pacotes de língua 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\usepackage[utf8]{inputenc} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Comandos especiais relacionados à classe 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\autor{Alessandro Bandeira Duarte} 
\titulo{Lógica e Aritmética na Filosofia da Matemática de Frege} 
\data{2014} 
\local{Seropédica, Rio de Janeiro} 
\preambulo{Monografia apresentada ao curso de Filosofia, como requisito parcial para a obtenção do Título de Licenciado em Filosofia, Instituto de Ciências Humanas e Sociais da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro} 
\orientador{Gottlob Frege} 
\tipotrabalho{monografia} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Início do corpo do texto 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{document} 
\imprimircapa 
\imprimirfolhaderosto 
\begin{folhadeaprovacao} 
\begin{center} 
{\ABNTEXchapterfont\Large\textsc{\imprimirautor}}
{\ABNTEXchapterfont\Large\textsc{\imprimirtitulo}} 
\end{center} 
\end{folhadeaprovacao} 
\end{document}

Compilando

abnt8Se quisermos, podemos colocar o título em negrito, introduzindo o comando \bfseries.

Código

%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Classe de documento 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\documentclass[12pt]{abntex2} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Pacotes de língua 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\usepackage[utf8]{inputenc} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Comandos especiais relacionados à classe 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\autor{Alessandro Bandeira Duarte} 
\titulo{Lógica e Aritmética na Filosofia da Matemática de Frege} 
\data{2014} \local{Seropédica, Rio de Janeiro} 
\preambulo{Monografia apresentada ao curso de Filosofia, como requisito parcial para a obtenção do Título de Licenciado em Filosofia, Instituto de Ciências Humanas e Sociais da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro} 
\orientador{Gottlob Frege} 
\tipotrabalho{monografia} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Início do corpo do texto 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{document} 
\imprimircapa 
\imprimirfolhaderosto 
\begin{folhadeaprovacao} 
\begin{center} 
{\ABNTEXchapterfont\Large\textsc{\imprimirautor}}
{\ABNTEXchapterfont\Large\bfseries\imprimirtitulo} 
\end{center} 
\end{folhadeaprovacao}

Compilando

abnt9

Talvez seja melhor diminuir a fonte do autor. Ao invés de \Large, usarei \large.

Código

%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Classe de documento 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\documentclass[12pt]{abntex2} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Pacotes de língua 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\usepackage[utf8]{inputenc} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Comandos especiais relacionados à classe 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\autor{Alessandro Bandeira Duarte} 
\titulo{Lógica e Aritmética na Filosofia da Matemática de Frege} 
\data{2014} 
\local{Seropédica, Rio de Janeiro} 
\preambulo{Monografia apresentada ao curso de Filosofia, como requisito parcial para a obtenção do Título de Licenciado em Filosofia, Instituto de Ciências Humanas e Sociais da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro} 
\orientador{Gottlob Frege} 
\tipotrabalho{monografia} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Início do corpo do texto 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{document} 
\imprimircapa 
\imprimirfolhaderosto 
\begin{folhadeaprovacao} 
\begin{center} 
{\ABNTEXchapterfont\large\textsc{\imprimirautor}} 
{\ABNTEXchapterfont\Large\bfseries\imprimirtitulo} 
\end{center} 
\end{folhadeaprovacao} 
\end{document}

Continuando, outro item obrigatório é o pequeno texto sobre a natureza do trabalho, o texto introduzido pelo comando \comentario{ }. Introduzirei esse texto por meio de uma minipágina da seguinte forma:

\hspace{.45\textwidth} \begin{minipage}{.5\textwidth}
\imprimirpreambulo
\end{minipage}

Código:

%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Classe de documento 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\documentclass[12pt]{abntex2} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Pacotes de língua 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\usepackage[utf8]{inputenc} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Comandos especiais relacionados à classe 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\autor{Alessandro Bandeira Duarte}
\titulo{Lógica e Aritmética na Filosofia da Matemática de Frege} 
\data{2014} 
\local{Seropédica, Rio de Janeiro} 
\preambulo{Monografia apresentada ao curso de Filosofia, como requisito parcial para a obtenção do Título de Licenciado em Filosofia, Instituto de Ciências Humanas e Sociais da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro} 
\orientador{Gottlob Frege} 
\tipotrabalho{monografia} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Início do corpo do texto 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{document} 
\imprimircapa 
\imprimirfolhaderosto 
\begin{folhadeaprovacao} 
\begin{center} 
{\ABNTEXchapterfont\large\textsc{\imprimirautor}}
{\ABNTEXchapterfont\Large\bfseries\imprimirtitulo} 
\end{center} 
\vspace{1cm} 
\hspace{.45\textwidth} \begin{minipage}{.5\textwidth} 
\imprimirpreambulo
\end{minipage}
\end{folhadeaprovacao} 
\end{document}

Compilando

abntex7

Agora, introduzimos a data de aprovação e local

Trabalho aprovado. \imprimirlocal, \imprimirdata:

Código

%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Classe de documento 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\documentclass[12pt]{abntex2} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Pacotes de língua 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\usepackage[utf8]{inputenc} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Comandos especiais relacionados à classe 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\autor{Alessandro Bandeira Duarte}
\titulo{Lógica e Aritmética na Filosofia da Matemática de Frege} 
\data{2014} 
\local{Seropédica, Rio de Janeiro} 
\preambulo{Monografia apresentada ao curso de Filosofia, como requisito parcial para a obtenção do Título de Licenciado em Filosofia, Instituto de Ciências Humanas e Sociais da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro} 
\orientador{Gottlob Frege} 
\tipotrabalho{monografia} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Início do corpo do texto 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{document} 
\imprimircapa 
\imprimirfolhaderosto 
\begin{folhadeaprovacao} 
\begin{center} 
{\ABNTEXchapterfont\large\textsc{\imprimirautor}}
{\ABNTEXchapterfont\Large\bfseries\imprimirtitulo} 
\end{center} 
\vspace{1cm} 
\hspace{.45\textwidth} \begin{minipage}{.5\textwidth} 
\imprimirpreambulo
\end{minipage}
\vspace{1cm}
Trabalho aprovado. \imprimirlocal, \imprimirdata
\end{folhadeaprovacao} 
\end{document}

Compilando

abntex8

Falta introduzir as assinaturas. Isso é feito com o comando

 

\assinatura{nome \\ instituição}

Exemplo:

\assinatura{\imprimirorientador \\}
\assinatura{Gottlob Frege\\ Universidade de Jena} 
\assinatura{Georg Cantor \\ Universidade de Halle}

Código:

%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Classe de documento 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\documentclass[12pt]{abntex2} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Pacotes de língua 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\usepackage[utf8]{inputenc} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Comandos especiais relacionados à classe 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\autor{Alessandro Bandeira Duarte}
\titulo{Lógica e Aritmética na Filosofia da Matemática de Frege} 
\data{2014} 
\local{Seropédica, Rio de Janeiro} 
\preambulo{Monografia apresentada ao curso de Filosofia, como requisito parcial para a obtenção do Título de Licenciado em Filosofia, Instituto de Ciências Humanas e Sociais da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro} 
\orientador{Gottlob Frege} 
\tipotrabalho{monografia} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Início do corpo do texto 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{document} 
\imprimircapa 
\imprimirfolhaderosto 
\begin{folhadeaprovacao} 
\begin{center} 
{\ABNTEXchapterfont\large\textsc{\imprimirautor}}
{\ABNTEXchapterfont\Large\bfseries\imprimirtitulo} 
\end{center} 
\vspace{1cm} 
\hspace{.45\textwidth} \begin{minipage}{.5\textwidth} 
\imprimirpreambulo
\end{minipage}
\vspace{1cm}
Trabalho aprovado. \imprimirlocal, \imprimirdata
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%
%Assinaturas 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\assinatura{\imprimirorientador \\UFRRJ} 
\assinatura{Richard Dedekind\\ Universidade de Jena} 
\assinatura{Georg Cantor \\ Universidade de Halle} 
\end{folhadeaprovacao} 
\end{document}

abntex9

Finalmente, temos de introduzir local e data. Isso é feito com os comandos:

\begin{center}
\vspace*{0.5cm} 
{\large\imprimirlocal} 
\par {\large\imprimirdata} 
\vspace*{1cm} 
\end{center}

Código:

%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Classe de documento 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\documentclass[12pt]{abntex2} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Pacotes de língua 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\usepackage[utf8]{inputenc} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Comandos especiais relacionados à classe 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\autor{Alessandro Bandeira Duarte}
\titulo{Lógica e Aritmética na Filosofia da Matemática de Frege} 
\data{2014} 
\local{Seropédica, Rio de Janeiro} 
\preambulo{Monografia apresentada ao curso de Filosofia, como requisito parcial para a obtenção do Título de Licenciado em Filosofia, Instituto de Ciências Humanas e Sociais da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro} 
\orientador{Gottlob Frege} 
\tipotrabalho{monografia} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Início do corpo do texto 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{document} 
\imprimircapa 
\imprimirfolhaderosto 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Início da folha de aprovação 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{folhadeaprovacao} 
\begin{center} 
{\ABNTEXchapterfont\large\textsc{\imprimirautor}
{\ABNTEXchapterfont\Large\bfseries\imprimirtitulo} 
\end{center} 
\vspace{1cm} 
\hspace{.45\textwidth} \begin{minipage}{.5\textwidth} 
\imprimirpreambulo 
\end{minipage} 
\vspace{1cm} 
Trabalho aprovado. \imprimirlocal, \imprimirdata: 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Assinaturas 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\assinatura{\imprimirorientador \\UFRRJ} 
\assinatura{Richard Dedekind\\ Universidade de Jena} 
\assinatura{Georg Cantor \\ Universidade de Halle} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
% 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{center} 
\vfill 
{\large\imprimirlocal} 
\par 
{\large\imprimirdata} 
\end{center} 
\end{folhadeaprovacao} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Fim da folha de aprovação 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\end{document}

Compilando:

abntex10

Depois da folha de aprovação, temos a dedicatória (opcional), que é introduzida com o ambiente dedicatoria

\begin{dedicatoria}

\end{dedicatoria}

Código

%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Classe de documento 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\documentclass[12pt]{abntex2} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Pacotes de língua 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\usepackage[utf8]{inputenc} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Comandos especiais relacionados à classe 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\autor{Alessandro Bandeira Duarte}
\titulo{Lógica e Aritmética na Filosofia da Matemática de Frege} 
\data{2014} 
\local{Seropédica, Rio de Janeiro} 
\preambulo{Monografia apresentada ao curso de Filosofia, como requisito parcial para a obtenção do Título de Licenciado em Filosofia, Instituto de Ciências Humanas e Sociais da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro} 
\orientador{Gottlob Frege} 
\tipotrabalho{monografia} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Início do corpo do texto 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{document} 
\imprimircapa 
\imprimirfolhaderosto 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Início da folha de aprovação 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{folhadeaprovacao} 
\begin{center} 
{\ABNTEXchapterfont\large\textsc{\imprimirautor}
{\ABNTEXchapterfont\Large\bfseries\imprimirtitulo} 
\end{center} 
\vspace{1cm} 
\hspace{.45\textwidth} \begin{minipage}{.5\textwidth} 
\imprimirpreambulo 
\end{minipage} 
\vspace{1cm} 
Trabalho aprovado. \imprimirlocal, \imprimirdata: 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Assinaturas 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\assinatura{\imprimirorientador \\UFRRJ} 
\assinatura{Richard Dedekind\\ Universidade de Jena} 
\assinatura{Georg Cantor \\ Universidade de Halle} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
% 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{center} 
\vfill 
{\large\imprimirlocal} 
\par 
{\large\imprimirdata} 
\end{center} 
\end{folhadeaprovacao} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Fim da folha de aprovação 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
% Início da dedicatória - Elemento opcional 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{dedicatoria} 
\vspace*{\fill} 
Este trabalho é dedicado ao saudoso amigo Arno Viero... 
\vspace*{\fill} 
\end{dedicatoria} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
% Fim da dedicatória 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%
\end{document}

Compilando

abntex11

Os agradecimentos são introduzidos por meio do ambiente agradecimentos

\begin{agradecimentos} 

\end{agradecimentos}

Código

%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Classe de documento 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\documentclass[12pt]{abntex2} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Pacotes de língua 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\usepackage[utf8]{inputenc} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Comandos especiais relacionados à classe 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\autor{Alessandro Bandeira Duarte}
\titulo{Lógica e Aritmética na Filosofia da Matemática de Frege} 
\data{2014} 
\local{Seropédica, Rio de Janeiro} 
\preambulo{Monografia apresentada ao curso de Filosofia, como requisito parcial para a obtenção do Título de Licenciado em Filosofia, Instituto de Ciências Humanas e Sociais da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro} 
\orientador{Gottlob Frege} 
\tipotrabalho{monografia} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Início do corpo do texto 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{document} 
\imprimircapa 
\imprimirfolhaderosto 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Início da folha de aprovação 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{folhadeaprovacao} 
\begin{center} 
{\ABNTEXchapterfont\large\textsc{\imprimirautor}
{\ABNTEXchapterfont\Large\bfseries\imprimirtitulo} 
\end{center} 
\vspace{1cm} 
\hspace{.45\textwidth} \begin{minipage}{.5\textwidth} 
\imprimirpreambulo 
\end{minipage} 
\vspace{1cm} 
Trabalho aprovado. \imprimirlocal, \imprimirdata: 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Assinaturas 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\assinatura{\imprimirorientador \\UFRRJ} 
\assinatura{Richard Dedekind\\ Universidade de Jena} 
\assinatura{Georg Cantor \\ Universidade de Halle} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
% 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{center} 
\vfill 
{\large\imprimirlocal} 
\par 
{\large\imprimirdata} 
\end{center} 
\end{folhadeaprovacao} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Fim da folha de aprovação 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
% Início da dedicatória - Elemento opcional 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{dedicatoria} 
\vspace*{\fill} 
Este trabalho é dedicado ao saudoso amigo Arno Viero... 
\vspace*{\fill} 
\end{dedicatoria} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
% Fim da dedicatória 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
% Início dos agradecimentos - elemento opcional 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{agradecimentos} 
À Eleonora, pela paciência e carinho;\\ 
À CAPES e à Faperj;\\ 
Aos Profs. Drs. Gregory Landini e Richard Heck pelas discussões sobre o papel do axioma IV na lógica de Frege;\\ 
ÀProf(a) Dr.(a) Andrea Loparic pela sua inestimável ajuda nas provas de independência;\\ 
Finalmente, ao meu orientador Prof. Dr. Oswaldo Chateaubriand Filho pela sua pela orientação e paciência. 
\end{agradecimentos} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Fim dos agradecimentos - elemento opcional 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\end{document}

Compilando

abntex12

Outro item opcional é a epígrafe introduzida por meio do ambiente epigrafe

\begin{epigrafe} 

\end{epigrafe}

Código

%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Classe de documento 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\documentclass[12pt]{abntex2} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Pacotes de língua 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\usepackage[utf8]{inputenc} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Comandos especiais relacionados à classe 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\autor{Alessandro Bandeira Duarte}
\titulo{Lógica e Aritmética na Filosofia da Matemática de Frege} 
\data{2014} 
\local{Seropédica, Rio de Janeiro} 
\preambulo{Monografia apresentada ao curso de Filosofia, como requisito parcial para a obtenção do Título de Licenciado em Filosofia, Instituto de Ciências Humanas e Sociais da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro} 
\orientador{Gottlob Frege} 
\tipotrabalho{monografia} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Início do corpo do texto 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{document} 
\imprimircapa 
\imprimirfolhaderosto 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Início da folha de aprovação 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{folhadeaprovacao} 
\begin{center} 
{\ABNTEXchapterfont\large\textsc{\imprimirautor}
{\ABNTEXchapterfont\Large\bfseries\imprimirtitulo} 
\end{center} 
\vspace{1cm} 
\hspace{.45\textwidth} \begin{minipage}{.5\textwidth} 
\imprimirpreambulo 
\end{minipage} 
\vspace{1cm} 
Trabalho aprovado. \imprimirlocal, \imprimirdata: 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Assinaturas 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\assinatura{\imprimirorientador \\UFRRJ} 
\assinatura{Richard Dedekind\\ Universidade de Jena} 
\assinatura{Georg Cantor \\ Universidade de Halle} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
% 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{center} 
\vfill 
{\large\imprimirlocal} 
\par 
{\large\imprimirdata} 
\end{center} 
\end{folhadeaprovacao} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Fim da folha de aprovação 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
% Início da dedicatória - Elemento opcional 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{dedicatoria} 
\vspace*{\fill} 
Este trabalho é dedicado ao saudoso amigo Arno Viero... 
\vspace*{\fill} 
\end{dedicatoria} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
% Fim da dedicatória 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
% Início dos agradecimentos - elemento opcional 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{agradecimentos} 
À Eleonora, pela paciência e carinho;\\ 
À CAPES e à Faperj;\\ 
Aos Profs. Drs. Gregory Landini e Richard Heck pelas discussões sobre o papel do axioma IV na lógica de Frege;\\ 
ÀProf(a) Dr.(a) Andrea Loparic pela sua inestimável ajuda nas provas de independência;\\ 
Finalmente, ao meu orientador Prof. Dr. Oswaldo Chateaubriand Filho pela sua pela orientação e paciência. 
\end{agradecimentos} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Fim dos agradecimentos - elemento opcional 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
% Início da epígrafe - opcional 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{epigrafe} 
\vspace*{\fill} 
\begin{flushright} 
\textit{``Há aqueles que já nascem póstumos''\\ (Friedrich Wilhelm Nietzsche )} 
\end{flushright} 
\end{epigrafe} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
% Fim da epígrafe - opcional 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%
\end{document}

Compilando

abntex13

A seguir, temos o resumo (português) que é item obrigatório e introduzido por meio do ambiente resumo

\begin{resumo} 

\end{resumo}

Código

%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Classe de documento 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\documentclass[12pt]{abntex2} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Pacotes de língua 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\usepackage[utf8]{inputenc} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Comandos especiais relacionados à classe 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\autor{Alessandro Bandeira Duarte}
\titulo{Lógica e Aritmética na Filosofia da Matemática de Frege} 
\data{2014} 
\local{Seropédica, Rio de Janeiro} 
\preambulo{Monografia apresentada ao curso de Filosofia, como requisito parcial para a obtenção do Título de Licenciado em Filosofia, Instituto de Ciências Humanas e Sociais da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro} 
\orientador{Gottlob Frege} 
\tipotrabalho{monografia} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Início do corpo do texto 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{document} 
\imprimircapa 
\imprimirfolhaderosto 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Início da folha de aprovação 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{folhadeaprovacao} 
\begin{center} 
{\ABNTEXchapterfont\large\textsc{\imprimirautor}
{\ABNTEXchapterfont\Large\bfseries\imprimirtitulo} 
\end{center} 
\vspace{1cm} 
\hspace{.45\textwidth} \begin{minipage}{.5\textwidth} 
\imprimirpreambulo 
\end{minipage} 
\vspace{1cm} 
Trabalho aprovado. \imprimirlocal, \imprimirdata: 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Assinaturas 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\assinatura{\imprimirorientador \\UFRRJ} 
\assinatura{Richard Dedekind\\ Universidade de Jena} 
\assinatura{Georg Cantor \\ Universidade de Halle} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
% 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{center} 
\vfill 
{\large\imprimirlocal} 
\par 
{\large\imprimirdata} 
\end{center} 
\end{folhadeaprovacao} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Fim da folha de aprovação 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
% Início da dedicatória - Elemento opcional 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{dedicatoria} 
\vspace*{\fill} 
Este trabalho é dedicado ao saudoso amigo Arno Viero... 
\vspace*{\fill} 
\end{dedicatoria} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
% Fim da dedicatória 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
% Início dos agradecimentos - elemento opcional 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{agradecimentos} 
À Eleonora, pela paciência e carinho;\\ 
À CAPES e à Faperj;\\ 
Aos Profs. Drs. Gregory Landini e Richard Heck pelas discussões sobre o papel do axioma IV na lógica de Frege;\\ 
ÀProf(a) Dr.(a) Andrea Loparic pela sua inestimável ajuda nas provas de independência;\\ 
Finalmente, ao meu orientador Prof. Dr. Oswaldo Chateaubriand Filho pela sua pela orientação e paciência. 
\end{agradecimentos} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Fim dos agradecimentos - elemento opcional 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
% Início da epígrafe - opcional 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{epigrafe} 
\vspace*{\fill} 
\begin{flushright} 
\textit{``Há aqueles que já nascem póstumos''\\ (Friedrich Wilhelm Nietzsche )} 
\end{flushright} 
\end{epigrafe} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
% Fim da epígrafe - opcional 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
% Início do resumo - obrigatório 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{resumo} 
Nos \textit{Fundamentos da Aritmética} (§68), Frege propõe definir explicitamente o operador-abstração `o número de...' por meio de extensões e, a partir desta definição, provar o Princípio de Hume (\textbf{PH}). Contudo, a prova imaginada por Frege depende de uma fórmula (\textbf{BB}) não derivável no sistema em 1884. Acreditamos que a distinção entre sentido e referência e a introdução dos valores de verdade como objetos foram motivadas para justificar a introdução do Axioma IV, a partir do qual um análogo de (\textbf{BB}) é provável. Com (\textbf{BB}) no sistema, a prova do Princípio de Hume estaria garantida. Concomitantemente, percebemos que uma teoria unificada das extensões só é possível com a distinção entre sentido e referência e a introdução dos valores de verdade como objetos. Caso contrário, Frege teria sido obrigado a introduzir uma série de \textbf{Axiomas V} no seu sistema, o que acarretaria problemas com a identidade (Júlio César). Com base nestas considerações, além do fato de que, em 1882, Frege provara as leis básicas da aritmética (carta a Anton Marty), parece-nos perfeitamente plausível que estas provas foram executadas adicionando-se o \textbf{PH} ao sistema lógico de Begriffsschrift. Mostramos que, nas provas dos axiomas de Peano a partir de \textbf{PH} dentro da conceitografia, nenhum uso é feito de (\textbf{BB}). Destarte, não é necessária a introdução do Axioma IV no sistema e, por conseguinte, não são necessárias a distinção entre sentido e referência e a introdução dos valores de verdade como objetos. Disto, podemos concluir que, provavelmente, a introdução das extensões nos \textit{Fundamentos} foi um ato tardio; e que Frege não possuía uma prova formal de \textbf{PH} a partir da sua definição explícita. Estes fatos também explicam a demora na publicação das \textit{Leis Básicas da Aritmética} e o descarte de um manuscrito quase pronto (provavelmente, o livro mencionado na carta a Marty). 
\vspace{\onelineskip} 
\noindent 
\textbf{Palavras-chave}: Axioma IV; Axioma V; Princípio de Hume; Valores de Verdade; Gottlob Frege. 
\end{resumo} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
% Fim do resumo - obrigatório 
%%%%%%%%%%%%
\end{document}

Compilando
abntex14

O resumo em outra língua é introduzido por meio do ambiente resumo, mas com o opcional [tradução da palavra "resumo" na língua em questão]. Por exemplo, se o resumo for em inglês, então usaremos o ambiente da seguinte forma:

\begin{resumo}[Abstract] 

\end{resumo}

Além disso, introduzimos o ambiente otherlanguage* que fará a divisão das palavras de acordo com as regras gramaticais da língua em questão

\begin{resumo}[Abstract] 
\begin{otherlanguage*}{english}

\end{otherlanguage*}
\end{resumo}

Código

%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Classe de documento 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\documentclass[12pt]{abntex2} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Pacotes de língua 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\usepackage[utf8]{inputenc} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Comandos especiais relacionados à classe 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\autor{Alessandro Bandeira Duarte}
\titulo{Lógica e Aritmética na Filosofia da Matemática de Frege} 
\data{2014} 
\local{Seropédica, Rio de Janeiro} 
\preambulo{Monografia apresentada ao curso de Filosofia, como requisito parcial para a obtenção do Título de Licenciado em Filosofia, Instituto de Ciências Humanas e Sociais da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro} 
\orientador{Gottlob Frege} 
\tipotrabalho{monografia} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Início do corpo do texto 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{document} 
\imprimircapa 
\imprimirfolhaderosto 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Início da folha de aprovação 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{folhadeaprovacao} 
\begin{center} 
{\ABNTEXchapterfont\large\textsc{\imprimirautor}
{\ABNTEXchapterfont\Large\bfseries\imprimirtitulo} 
\end{center} 
\vspace{1cm} 
\hspace{.45\textwidth} \begin{minipage}{.5\textwidth} 
\imprimirpreambulo 
\end{minipage} 
\vspace{1cm} 
Trabalho aprovado. \imprimirlocal, \imprimirdata: 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Assinaturas 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\assinatura{\imprimirorientador \\UFRRJ} 
\assinatura{Richard Dedekind\\ Universidade de Jena} 
\assinatura{Georg Cantor \\ Universidade de Halle} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
% 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{center} 
\vfill 
{\large\imprimirlocal} 
\par 
{\large\imprimirdata} 
\end{center} 
\end{folhadeaprovacao} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Fim da folha de aprovação 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
% Início da dedicatória - Elemento opcional 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{dedicatoria} 
\vspace*{\fill} 
Este trabalho é dedicado ao saudoso amigo Arno Viero... 
\vspace*{\fill} 
\end{dedicatoria} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
% Fim da dedicatória 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
% Início dos agradecimentos - elemento opcional 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{agradecimentos} 
À Eleonora, pela paciência e carinho;\\ 
À CAPES e à Faperj;\\ 
Aos Profs. Drs. Gregory Landini e Richard Heck pelas discussões sobre o papel do axioma IV na lógica de Frege;\\ 
ÀProf(a) Dr.(a) Andrea Loparic pela sua inestimável ajuda nas provas de independência;\\ 
Finalmente, ao meu orientador Prof. Dr. Oswaldo Chateaubriand Filho pela sua pela orientação e paciência. 
\end{agradecimentos} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Fim dos agradecimentos - elemento opcional 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
% Início da epígrafe - opcional 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{epigrafe} 
\vspace*{\fill} 
\begin{flushright} 
\textit{``Há aqueles que já nascem póstumos''\\ (Friedrich Wilhelm Nietzsche )} 
\end{flushright} 
\end{epigrafe} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
% Fim da epígrafe - opcional 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
% Início do resumo - obrigatório 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{resumo} 
Nos \textit{Fundamentos da Aritmética} (§68), Frege propõe definir explicitamente o operador-abstração `o número de...' por meio de extensões e, a partir desta definição, provar o Princípio de Hume (\textbf{PH}). Contudo, a prova imaginada por Frege depende de uma fórmula (\textbf{BB}) não derivável no sistema em 1884. Acreditamos que a distinção entre sentido e referência e a introdução dos valores de verdade como objetos foram motivadas para justificar a introdução do Axioma IV, a partir do qual um análogo de (\textbf{BB}) é provável. Com (\textbf{BB}) no sistema, a prova do Princípio de Hume estaria garantida. Concomitantemente, percebemos que uma teoria unificada das extensões só é possível com a distinção entre sentido e referência e a introdução dos valores de verdade como objetos. Caso contrário, Frege teria sido obrigado a introduzir uma série de \textbf{Axiomas V} no seu sistema, o que acarretaria problemas com a identidade (Júlio César). Com base nestas considerações, além do fato de que, em 1882, Frege provara as leis básicas da aritmética (carta a Anton Marty), parece-nos perfeitamente plausível que estas provas foram executadas adicionando-se o \textbf{PH} ao sistema lógico de Begriffsschrift. Mostramos que, nas provas dos axiomas de Peano a partir de \textbf{PH} dentro da conceitografia, nenhum uso é feito de (\textbf{BB}). Destarte, não é necessária a introdução do Axioma IV no sistema e, por conseguinte, não são necessárias a distinção entre sentido e referência e a introdução dos valores de verdade como objetos. Disto, podemos concluir que, provavelmente, a introdução das extensões nos \textit{Fundamentos} foi um ato tardio; e que Frege não possuía uma prova formal de \textbf{PH} a partir da sua definição explícita. Estes fatos também explicam a demora na publicação das \textit{Leis Básicas da Aritmética} e o descarte de um manuscrito quase pronto (provavelmente, o livro mencionado na carta a Marty). 
\vspace{\onelineskip} 
\noindent 
\textbf{Palavras-chave}: Axioma IV; Axioma V; Princípio de Hume; Valores de Verdade; Gottlob Frege. 
\end{resumo} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
% Fim do resumo - obrigatório 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%
% Início do abstract - obrigatório 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{resumo}[Abstract] 
\begin{otherlanguage*}{english}
In \textit{The Foundations of Arithmetic} (§68), Frege proposes to define explicitly the abstraction operator `the number of...' by means of extensions and, from this definition, to prove Hume's Principle (\textbf{HP}). Nevertheless, the proof imagined by Frege depends on a formula (\textbf{BB}), which is not provable in the system in 1884. We believe that the distinction between sense and reference as well as the introduction of Truth-Values as objects were motivated in order to justify the introduction of Axiom IV, from which an analogous of (\textbf{BB}) is provable. With (\textbf{BB}) in the system, the proof of HP would be guaranteed. At the same time, we realize that a unified theory of extensions is only possible with the distinction between sense and reference and the introduction of Truth-Values as objects. Otherwise, Frege would have been obliged to introduce a series of \textbf{Axioms V} in his system, what cause problems regarding the identity (Julius Caesar). Based on these considerations, besides the fact that in 1882 Frege had proved the basic laws of Arithmetic (letter to Anton Marty), it seems perfectly plausible that these proofs carried out by adding \textbf{HP} to the Begriffsschrift's logical system. We show that in the proofs of Peano's axioms from \textbf{HP} within the begriffsschrift, (\textbf{BB}) is not used at all. Thus, the introduction of Axiom IV in the system is not necessary and, consequently, neither the distinction between sense and reference nor the introduction of Truth-Values as objects. From these findings we may conclude that probably the introduction of extensions in The \textit{Foundations} was a late act; and that Frege did not hold a formal proof of \textbf{HP} from his explicit definition. These facts also explain the delay in the publication of \textit{the Basic Laws of Arithmetic} and the abandon of a manuscript almost finished (probably the book mentioned in the letter to Marty).
\vspace{\onelineskip} 
\noindent \textbf{Keywords}: Axiom IV; Axiom V; Hume's Principle; Truth-Values; Gottlob Frege. 
\end{otherlanguage*} 
\end{resumo} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
% Fim do abstract - obrigatório 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%
\end{document}

Compilando

abntex15

O sumário é introduzido por meio do comando: \tableofcontents

Código

%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Classe de documento 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\documentclass[12pt]{abntex2} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Pacotes de língua 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\usepackage[utf8]{inputenc} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Comandos especiais relacionados à classe 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\autor{Alessandro Bandeira Duarte}
\titulo{Lógica e Aritmética na Filosofia da Matemática de Frege} 
\data{2014} 
\local{Seropédica, Rio de Janeiro} 
\preambulo{Monografia apresentada ao curso de Filosofia, como requisito parcial para a obtenção do Título de Licenciado em Filosofia, Instituto de Ciências Humanas e Sociais da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro} 
\orientador{Gottlob Frege} 
\tipotrabalho{monografia} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Início do corpo do texto 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{document} 
\imprimircapa 
\imprimirfolhaderosto 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Início da folha de aprovação 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{folhadeaprovacao} 
\begin{center} 
{\ABNTEXchapterfont\large\textsc{\imprimirautor}
{\ABNTEXchapterfont\Large\bfseries\imprimirtitulo} 
\end{center} 
\vspace{1cm} 
\hspace{.45\textwidth} \begin{minipage}{.5\textwidth} 
\imprimirpreambulo 
\end{minipage} 
\vspace{1cm} 
Trabalho aprovado. \imprimirlocal, \imprimirdata: 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Assinaturas 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\assinatura{\imprimirorientador \\UFRRJ} 
\assinatura{Richard Dedekind\\ Universidade de Jena} 
\assinatura{Georg Cantor \\ Universidade de Halle} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
% 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{center} 
\vfill 
{\large\imprimirlocal} 
\par 
{\large\imprimirdata} 
\end{center} 
\end{folhadeaprovacao} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Fim da folha de aprovação 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
% Início da dedicatória - Elemento opcional 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{dedicatoria} 
\vspace*{\fill} 
Este trabalho é dedicado ao saudoso amigo Arno Viero... 
\vspace*{\fill} 
\end{dedicatoria} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
% Fim da dedicatória 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
% Início dos agradecimentos - elemento opcional 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{agradecimentos} 
À Eleonora, pela paciência e carinho;\\ 
À CAPES e à Faperj;\\ 
Aos Profs. Drs. Gregory Landini e Richard Heck pelas discussões sobre o papel do axioma IV na lógica de Frege;\\ 
ÀProf(a) Dr.(a) Andrea Loparic pela sua inestimável ajuda nas provas de independência;\\ 
Finalmente, ao meu orientador Prof. Dr. Oswaldo Chateaubriand Filho pela sua pela orientação e paciência. 
\end{agradecimentos} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Fim dos agradecimentos - elemento opcional 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
% Início da epígrafe - opcional 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{epigrafe} 
\vspace*{\fill} 
\begin{flushright} 
\textit{``Há aqueles que já nascem póstumos''\\ (Friedrich Wilhelm Nietzsche )} 
\end{flushright} 
\end{epigrafe} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
% Fim da epígrafe - opcional 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
% Início do resumo - obrigatório 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{resumo} 
Nos \textit{Fundamentos da Aritmética} (§68), Frege propõe definir explicitamente o operador-abstração `o número de...' por meio de extensões e, a partir desta definição, provar o Princípio de Hume (\textbf{PH}). Contudo, a prova imaginada por Frege depende de uma fórmula (\textbf{BB}) não derivável no sistema em 1884. Acreditamos que a distinção entre sentido e referência e a introdução dos valores de verdade como objetos foram motivadas para justificar a introdução do Axioma IV, a partir do qual um análogo de (\textbf{BB}) é provável. Com (\textbf{BB}) no sistema, a prova do Princípio de Hume estaria garantida. Concomitantemente, percebemos que uma teoria unificada das extensões só é possível com a distinção entre sentido e referência e a introdução dos valores de verdade como objetos. Caso contrário, Frege teria sido obrigado a introduzir uma série de \textbf{Axiomas V} no seu sistema, o que acarretaria problemas com a identidade (Júlio César). Com base nestas considerações, além do fato de que, em 1882, Frege provara as leis básicas da aritmética (carta a Anton Marty), parece-nos perfeitamente plausível que estas provas foram executadas adicionando-se o \textbf{PH} ao sistema lógico de Begriffsschrift. Mostramos que, nas provas dos axiomas de Peano a partir de \textbf{PH} dentro da conceitografia, nenhum uso é feito de (\textbf{BB}). Destarte, não é necessária a introdução do Axioma IV no sistema e, por conseguinte, não são necessárias a distinção entre sentido e referência e a introdução dos valores de verdade como objetos. Disto, podemos concluir que, provavelmente, a introdução das extensões nos \textit{Fundamentos} foi um ato tardio; e que Frege não possuía uma prova formal de \textbf{PH} a partir da sua definição explícita. Estes fatos também explicam a demora na publicação das \textit{Leis Básicas da Aritmética} e o descarte de um manuscrito quase pronto (provavelmente, o livro mencionado na carta a Marty). 
\vspace{\onelineskip} 
\noindent 
\textbf{Palavras-chave}: Axioma IV; Axioma V; Princípio de Hume; Valores de Verdade; Gottlob Frege. 
\end{resumo} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
% Fim do resumo - obrigatório 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%
% Início do abstract - obrigatório 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{resumo}[Abstract] 
\begin{otherlanguage*}{english}
In \textit{The Foundations of Arithmetic} (§68), Frege proposes to define explicitly the abstraction operator `the number of...' by means of extensions and, from this definition, to prove Hume's Principle (\textbf{HP}). Nevertheless, the proof imagined by Frege depends on a formula (\textbf{BB}), which is not provable in the system in 1884. We believe that the distinction between sense and reference as well as the introduction of Truth-Values as objects were motivated in order to justify the introduction of Axiom IV, from which an analogous of (\textbf{BB}) is provable. With (\textbf{BB}) in the system, the proof of HP would be guaranteed. At the same time, we realize that a unified theory of extensions is only possible with the distinction between sense and reference and the introduction of Truth-Values as objects. Otherwise, Frege would have been obliged to introduce a series of \textbf{Axioms V} in his system, what cause problems regarding the identity (Julius Caesar). Based on these considerations, besides the fact that in 1882 Frege had proved the basic laws of Arithmetic (letter to Anton Marty), it seems perfectly plausible that these proofs carried out by adding \textbf{HP} to the Begriffsschrift's logical system. We show that in the proofs of Peano's axioms from \textbf{HP} within the begriffsschrift, (\textbf{BB}) is not used at all. Thus, the introduction of Axiom IV in the system is not necessary and, consequently, neither the distinction between sense and reference nor the introduction of Truth-Values as objects. From these findings we may conclude that probably the introduction of extensions in The \textit{Foundations} was a late act; and that Frege did not hold a formal proof of \textbf{HP} from his explicit definition. These facts also explain the delay in the publication of \textit{the Basic Laws of Arithmetic} and the abandon of a manuscript almost finished (probably the book mentioned in the letter to Marty).
\vspace{\onelineskip} 
\noindent \textbf{Keywords}: Axiom IV; Axiom V; Hume's Principle; Truth-Values; Gottlob Frege. 
\end{otherlanguage*} 
\end{resumo} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
% Fim do abstract - obrigatório 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%
\tableofcontents* % imprime sumário
\end{document}

Compilando

abntex16

O sumário será automaticamente gerado na medida em que capítulos, seções e subseções, etc forem introduzidos.

A lista de figuras é introduzida pelo comando: \listoffigures (antes do sumário)

A lista de tabelas é introduzida pelo comando: \listoftables (antes do sumário)

As siglas são colocadas no ambiente siglas (antes do sumário)

\begin{siglas} 
\item[Sigla] Significado da sigla 
\end{siglas}

Código

%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Classe de documento 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\documentclass[12pt]{abntex2} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Pacotes de língua 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\usepackage[utf8]{inputenc} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Comandos especiais relacionados à classe 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\autor{Alessandro Bandeira Duarte}
\titulo{Lógica e Aritmética na Filosofia da Matemática de Frege} 
\data{2014} 
\local{Seropédica, Rio de Janeiro} 
\preambulo{Monografia apresentada ao curso de Filosofia, como requisito parcial para a obtenção do Título de Licenciado em Filosofia, Instituto de Ciências Humanas e Sociais da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro} 
\orientador{Gottlob Frege} 
\tipotrabalho{monografia} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Início do corpo do texto 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{document} 
\imprimircapa 
\imprimirfolhaderosto 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Início da folha de aprovação 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{folhadeaprovacao} 
\begin{center} 
{\ABNTEXchapterfont\large\textsc{\imprimirautor}
{\ABNTEXchapterfont\Large\bfseries\imprimirtitulo} 
\end{center} 
\vspace{1cm} 
\hspace{.45\textwidth} \begin{minipage}{.5\textwidth} 
\imprimirpreambulo 
\end{minipage} 
\vspace{1cm} 
Trabalho aprovado. \imprimirlocal, \imprimirdata: 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Assinaturas 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\assinatura{\imprimirorientador \\UFRRJ} 
\assinatura{Richard Dedekind\\ Universidade de Jena} 
\assinatura{Georg Cantor \\ Universidade de Halle} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
% 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{center} 
\vfill 
{\large\imprimirlocal} 
\par 
{\large\imprimirdata} 
\end{center} 
\end{folhadeaprovacao} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Fim da folha de aprovação 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
% Início da dedicatória - Elemento opcional 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{dedicatoria} 
\vspace*{\fill} 
Este trabalho é dedicado ao saudoso amigo Arno Viero... 
\vspace*{\fill} 
\end{dedicatoria} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
% Fim da dedicatória 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
% Início dos agradecimentos - elemento opcional 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{agradecimentos} 
À Eleonora, pela paciência e carinho;\\ 
À CAPES e à Faperj;\\ 
Aos Profs. Drs. Gregory Landini e Richard Heck pelas discussões sobre o papel do axioma IV na lógica de Frege;\\ 
ÀProf(a) Dr.(a) Andrea Loparic pela sua inestimável ajuda nas provas de independência;\\ 
Finalmente, ao meu orientador Prof. Dr. Oswaldo Chateaubriand Filho pela sua pela orientação e paciência. 
\end{agradecimentos} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
%Fim dos agradecimentos - elemento opcional 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
% Início da epígrafe - opcional 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{epigrafe} 
\vspace*{\fill} 
\begin{flushright} 
\textit{``Há aqueles que já nascem póstumos''\\ (Friedrich Wilhelm Nietzsche )} 
\end{flushright} 
\end{epigrafe} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
% Fim da epígrafe - opcional 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
% Início do resumo - obrigatório 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{resumo} 
Nos \textit{Fundamentos da Aritmética} (§68), Frege propõe definir explicitamente o operador-abstração `o número de...' por meio de extensões e, a partir desta definição, provar o Princípio de Hume (\textbf{PH}). Contudo, a prova imaginada por Frege depende de uma fórmula (\textbf{BB}) não derivável no sistema em 1884. Acreditamos que a distinção entre sentido e referência e a introdução dos valores de verdade como objetos foram motivadas para justificar a introdução do Axioma IV, a partir do qual um análogo de (\textbf{BB}) é provável. Com (\textbf{BB}) no sistema, a prova do Princípio de Hume estaria garantida. Concomitantemente, percebemos que uma teoria unificada das extensões só é possível com a distinção entre sentido e referência e a introdução dos valores de verdade como objetos. Caso contrário, Frege teria sido obrigado a introduzir uma série de \textbf{Axiomas V} no seu sistema, o que acarretaria problemas com a identidade (Júlio César). Com base nestas considerações, além do fato de que, em 1882, Frege provara as leis básicas da aritmética (carta a Anton Marty), parece-nos perfeitamente plausível que estas provas foram executadas adicionando-se o \textbf{PH} ao sistema lógico de Begriffsschrift. Mostramos que, nas provas dos axiomas de Peano a partir de \textbf{PH} dentro da conceitografia, nenhum uso é feito de (\textbf{BB}). Destarte, não é necessária a introdução do Axioma IV no sistema e, por conseguinte, não são necessárias a distinção entre sentido e referência e a introdução dos valores de verdade como objetos. Disto, podemos concluir que, provavelmente, a introdução das extensões nos \textit{Fundamentos} foi um ato tardio; e que Frege não possuía uma prova formal de \textbf{PH} a partir da sua definição explícita. Estes fatos também explicam a demora na publicação das \textit{Leis Básicas da Aritmética} e o descarte de um manuscrito quase pronto (provavelmente, o livro mencionado na carta a Marty). 
\vspace{\onelineskip} 
\noindent 
\textbf{Palavras-chave}: Axioma IV; Axioma V; Princípio de Hume; Valores de Verdade; Gottlob Frege. 
\end{resumo} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
% Fim do resumo - obrigatório 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%
% Início do abstract - obrigatório 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
\begin{resumo}[Abstract] 
\begin{otherlanguage*}{english}
In \textit{The Foundations of Arithmetic} (§68), Frege proposes to define explicitly the abstraction operator `the number of...' by means of extensions and, from this definition, to prove Hume's Principle (\textbf{HP}). Nevertheless, the proof imagined by Frege depends on a formula (\textbf{BB}), which is not provable in the system in 1884. We believe that the distinction between sense and reference as well as the introduction of Truth-Values as objects were motivated in order to justify the introduction of Axiom IV, from which an analogous of (\textbf{BB}) is provable. With (\textbf{BB}) in the system, the proof of HP would be guaranteed. At the same time, we realize that a unified theory of extensions is only possible with the distinction between sense and reference and the introduction of Truth-Values as objects. Otherwise, Frege would have been obliged to introduce a series of \textbf{Axioms V} in his system, what cause problems regarding the identity (Julius Caesar). Based on these considerations, besides the fact that in 1882 Frege had proved the basic laws of Arithmetic (letter to Anton Marty), it seems perfectly plausible that these proofs carried out by adding \textbf{HP} to the Begriffsschrift's logical system. We show that in the proofs of Peano's axioms from \textbf{HP} within the begriffsschrift, (\textbf{BB}) is not used at all. Thus, the introduction of Axiom IV in the system is not necessary and, consequently, neither the distinction between sense and reference nor the introduction of Truth-Values as objects. From these findings we may conclude that probably the introduction of extensions in The \textit{Foundations} was a late act; and that Frege did not hold a formal proof of \textbf{HP} from his explicit definition. These facts also explain the delay in the publication of \textit{the Basic Laws of Arithmetic} and the abandon of a manuscript almost finished (probably the book mentioned in the letter to Marty).
\vspace{\onelineskip} 
\noindent \textbf{Keywords}: Axiom IV; Axiom V; Hume's Principle; Truth-Values; Gottlob Frege. 
\end{otherlanguage*} 
\end{resumo} 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%% 
% Fim do abstract - obrigatório 
%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%
\begin{siglas} 
\item[UFRRJ] Universidade Federal do Rio de Janeiro
\item[ICHS] Instituto de Ciências Humanas e Sociais 
\item[LPM] Lógica Proposicional Modal 
\item[LQM] Lógica Quantificacional Modal 
\end{siglas}
\tableofcontents* % imprime sumário
\end{document}

abntex17abntex18

A partir da NBR 14724 / 2011  ( Trabalho Acadêmico), monografias, dissertações e teses podem ser impressas no estilo frente e verso e esta é a opção padrão do abntex2 (ao compilar o arquivo tex final perceba que há sempre folhas em branco. Isso é dessa forma, porque os elementos pré-textuais devem aparecer apenas no anverso.

Contudo, é possível desabilitar esse padrão. Para isso, basta introduzir o opcional "oneside" na classe

\documentclass[oneside,12pt]{abntex2}

Código1 (twoside): abntex2twoside

Código2 (oneside): abntex2oneside


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0