Usando LaTeX no GNU/Linux: Instalando o TeXlive no Debian e derivados

Neste primeiro artigo, explicarei como instalar o \LaTeXe no Debian e derivados (embora o mecanismo não seja muito diferente em outras distribuições). Além disso, mostrarei como instalar o \LaTeXe de forma genérica, valendo para qualquer distribuição.

No linux (bem, só poderia ser no linux), o pacote que eu uso é o Texlive. Assim, assumindo que o seu sources.list esteja configurado, para instalá-lo basta

apt-get install texlive

Eu gosto de instalar todos os pacotes relacionados ao texlive, incluindo o texlive-latex-extra, entre outros (que não são instalados com: apt-get install texlive). Neste caso:

apt-get install texlive-full

 

Outra opção é instalar o texlive e depois, individualmente, os demais pacotes relacionados.

Como mencionado, existe outra forma de instalar o texlive. Em primeiro lugar, é necessário fazer o download da iso do texlive no seguinte site: http://www.tug.org/texlive/acquire-iso.html

Há duas opções: ou você pode queimar a iso em um dvd, ficando com um \LaTeXe portátil ou montar (extrair) a iso em uma pasta no seu hd. Para montar a iso, dê o comando

mount -t iso9660 -o ro,loop,noauto /caminho_de_entrada /caminho_de_sada

No meu caso, a iso encontra-se em

/home/alessandro

e desejo montá-la em

/home/alessandro/texlive

Assim

mount -t iso9660 -o ro,loop,noauto /home/alessandro/texlive2010-20100826.iso /home/alessandro/texlive

Para instalar o texlive, entre na pasta. No meu caso

cd /home/alessandro/texlive

E como root, digite

./install-tl

Dica: use o tab para completar…

 

Há uma série de opções. Em geral, a única coisa que faço é criar links simbólicos dos binários em /usr/bin, que, no meu caso, por “default”, ficam em:

/usr/local/texlive/2009/bin/x86_64-linux

Para isto, digite O (options).

Depois, digite L

E adicione o caminho

/usr/bin

Para os demais, clique em “enter” apenas (a menos que queira mudar a localização).

Digite R para retornar e depois I para instalar

PS – este esquema instalará a versão “full” do TexLive. Quem tiver o desejo de instalar uma versão menor, basta digitar S e assim terá as opções.

Nas próximas postagens, daremos outras dicas sobre o \LaTeXe no Linux. Em especial, o uso do Abn\TeX para a produção de monografias, dissertações e teses, o uso do bib\TeX e de GUIs que facilitam o trabalho (Kbib\TeX, Jabref, alexandria) para produção de bases bibliográficas, integração do openoffice com \LaTeXe, entre outras.