Instalando o LyX

Instalar o Lyx no Debian (e derivados) é bastante simples. No terminal, digite (como root):

apt-get install lyx

Outra possibilidade é usar o synaptic e procurar pelo lyx

imagem1

No ubuntu, é possível usar também a central de programas do ubuntu. Em outras distribuições, o procedimento é quase análogo:

Fedora: yum install lyx

Archlinux: pacman -S lyx

Gentoo: emerge lyx

No Squeeze, a versão do lyx é a 1.6.7. A versão mais nova é a 2.0.*. É possível compilar esta versão no Squeeze. Baixe o código fonte daqui. É necessário que o build-essential esteja instalado

Além disso, você precisará (readne)

Linux users beware: You need qt4 and qt4-devel packages of the same version to compile LyX.

Python também é necessário, mas, em geral, já vem nas distribuições linux. Uma vez que você já instalou o texmaker e o texlive, as demais dependências já devem estar presentes.

Depois disso, basta um:

./configure

ou

./configure --prefix=/usr/local (para instalar o binário em /usr/local/bin)
 make

 

make install

(aqui como root)

Em breve, dicas sobre o uso do Lyx


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0